Revista de Autofagia

A Revista de Autofagia é um projeto que vem sendo desenvolvido desde 2004 pelos poetas Bruno Brum e Makely Ka. Seu primeiro número foi publicado em maio de 2006, e conta com colaboradores de diversas áreas de atuação e diversos estados brasileiros. Fotografia, artes gráficas, música, poesia, jornalismo e performance são presenças freqüentes na revista.

64 páginas, 25 x 25cm, brochura, em papel AP 120g (miolo) e Cartão Supremo 250g (capa).

Valor: R$15,00.

Para adquirir um exemplar, entre em contato com bn.brum@gmail.com

Números publicados:

autofagia1

N. 1 – junho / 2006

DOWNLOAD: autofagia_01

Colaboradores:

Amarildo Anzolin, Elaine Ramos, Estrela Leminski, Francisco Kaq, Fred Girauta, Guilherme Wisnik, Karin Bianchini, Lucas Virgolino, Luciana Tonelli, Marcelo Sahea, Mario Domingues, Mario Teixeira, Nicolas Behr, Pirata Z, Rafael Alvarenga, Reuben da Cunha Rocha e Ulisses Moisés.

Capa.indd

N. 2 – novembro / 2007

DOWNLOAD: autofagia_02

Colaboradores:

Ahmad Jarrah, Bernardo Amorim, Bruno Brum, Elisa Andrade Buzzo, Espaço Cubo, Hans Henny Jahnn, Lenissa Lenza, Marcus Tulius Franco Morais, Pablo Capilé, Renato Negrão, Rodrigo Araújo, Sandro Saraiva, e Vítor Leal Martins.

capa_autofagia1

N. 3 – março / 2009

DOWNLOAD: autofagia_03

Colaboradores:

Allen Ginsberg, Bill Knott, Fabrício Marques, Fernanda Salvo, Guilherme Rodrigues, Joca Reiners Terron, Jorge Rocha, Júlia Studart, Kenneth Rexroth, Leo Gonçalves, Letícia Féres, Manoel Ricardo de Lima, Marcelo Terça-Nada!, Micheliny Verunschk, Mônica de Aquino, Paulo Scott, Reuben da Cunha Rocha e Sérgio Fantini.

 

Confira abaixo o que já foi dito sobre esse trabalho:

 

Parabéns pela revista. Boas matérias, excelente programação visual.

Augusto de Campos, poeta, ensaísta e tradutor, SP

 

Caros, recebi a Revista de Autofagia, enviada pelo Bruno Brum. O pojeto gráfico é bem interessante.

Claudio Daniel, poeta e tradutor, SP

 

Recebi a Revista de Autofagia. Tá bem interessante. No capricho. Continuem mandando bala.

Ademir Assunção, poeta e jornalista, PR

 

É realmente notável e digno de loas o esforço em publicar (e hoje em dia) uma revista de poesia e cultura que se mantém firme em suas propostas (como a de mostrar gente nova e de talento), assina embaixo de cada página e ainda carrega a eletricidade de um projeto gráfico honesto e de alta qualidade.

Marcelo Sahea, poeta e diretor de arte, RJ

 

Parabéns pela revista, está muito boa mesmo, no aspecto visual está uma beleza, melhor do que as que tenho visto por aí! É lógico que a gente se posiciona a favor de toda e qualquer iniciativa assim, mas vocês capricharam.

Mario Domingues, poeta e pofessor unversitário, PR

 

Fiquei sinceramente emocionado! Passado o primeiro impacto, passei a analisar os detalhes e gostei muito! Gostei de não ter aqueles “índices” na capa, a arte “autofágica” com aplicação de verniz na contra-capa. Do caralho, também, a informação “não jogue esse impresso em vias públicas”! Enfim, só tenho a agradecer e dar parabéns pela revista!

Amarildo Anzolin, poeta e compositor, PR

 

Mostrei a revista para a galera da Faculdade Estasdual da Bahia e todos ficaram empolgados. As cinco revstas não deram nem para o cheiro. Já distribuí todas.

Lucas Virgolino, fotógrafo, BA

 

Escrevo para parabenizá-los por essa primeira edição da Revista de Autofagia. O projeto como um todo ficou supimpa: conteúdo consistente e bem editado, design certeiro, formato bom de manipular… Tem um quê de econômico, de minimalista, que funcionou bem demais! Sucesso nos próximos números!

Luciana Tonelli, poeta e jornalista, MG

 

Criatividade contra a mesmice.

Carlos Herculano Lopes, jornalista e escritor, para o jonal Estado de Minas

 

Caros, recebi (de presente) um exemplar da Revista de Autofagia (das mãos do Nicolas Behr) e escrevo para aprabenizá-los. Não só por se tratar por uma revista que contribui para esse momento fértil da produção literária brasileira, mas principalmente por ser bonita, elegante, inteligente, ágil e, mais o que?, ah, sim, mineira, por que não?

Luis Rufatto, escritor, MG

 

É bela e vibrante a Revista de Autofagia, vinda de Belo Horizonte. Uma “autoprodução”, afirmam os editores. “Dentro de um conceito que leva adiante a máxima anarquista faça você mesmo” e maravilha! À moda Coyote, a Autofagia traz entrevistas e poesias e fotos e quadrinhos de uma turma bem bacana.

Marcelino Freire, escritor, PE

Lançamento em Belo Horizonte, 19/05/2006.

Da esquerda para a direita: Pirata, Makely Ka, Adenilson Barcelos Miranda, Marcelo Sahea, Renato Negrão, Nicolas Behr, Estrela Leminski, Bruno Brum, Luciana Tonelli, Ulisses Moisés e Mario Teixeira.

 

10 razões para se lançar uma revista hoje:

1 – Revistas são o veículo de publicação textual mais importante do meio literário dado o seu caráter informativo, sua circulação e seu espírito coletivo;

2 – Revistas são vitrines da produção de determinadas épocas, de determinados contextos;

3 – É através de publicações em revistas que a maior parte dos jovens criadores se lança no mercado;

4 – Revistas funcionam como parâmetro crítico para os leitores;

5 – Revistas funcionam como bússolas para escritores;

6 – Revistas são mais baratas que livros e portanto são mais democráticas;

7 – Revistas são vendidas em bancas de revistas;

8 – Revistas são periódicas e podem ser colecionadas como gibis;

9 – Revistas são lidas no banheiro;

10 – Há pouquíssimas revistas de poesia editadas hoje no país!

Anúncios

13 respostas para Revista de Autofagia

  1. grato pela generosidade
    a um tempo tenho curiosidade
    de conhecer o trabalho dos autófagos.

    abraço.

  2. Pingback: SALAMALANDRO | bruno brum :: sabor graxa

  3. Pingback: Revista Autofagia para download » Vírgula-Imagem :: Marcelo Terça-Nada

  4. Pingback: Revista Autofagia: lançamento, debate, sarau, performance e projeções » Vírgula-Imagem :: Marcelo Terça-Nada

  5. Pingback: Revista de Autofagia « sabor graxa

  6. Pingback: Revista de Autofagia 3 na rede « sabor graxa

  7. Pingback: Revista de Autofagia « Mixsórdia >> Guia Cultural >> Belo Horizonte | MG

  8. Igor Krivochein Marques disse:

    Parabéns, pela alta qualidade gráfica das revistas, do site. Fica um palpite, façam uma réplica eletrônica, se é que já não estão disponíveis na web…curto muito a concepção gráfico/eletrônica da nãolugar uma revista de pernambuco (creio) sobre artes visuais, vocês provavelmente a conhecem…Sou artista plástico, envolvido com a produção de imagens seriais e/ou “livros” e textos poéticos. As duas produções (plástica e literária)convergem, gerando híbridos que se referenciam reciprocamente ao longo de um percurso de alguns anos. Em agosto irá pro ar meu site, abrangendo minha produção poética e de artes plásticas, divulgando o resultado dessas convergências…
    Teus poemas estão na web? (blog, site)
    Onde poderia comprar as revistas no Rio?Abs Igor

    • Bruno Brum disse:

      Olá, Igor. A revista está disponível, sim. É possível baixar os três números aqui pelo blogue, assim como os dois livros que publiquei até hoje: Mínima Idéia (2004) e Cada (2007). Se se interessar pelos números impressos, vendemos e enviamos pelo correio. É só mandar um e-mail, ok? Bom, fico curioso para conhecer seu trabalho. Assim que o site estiver no ar dê um toque para que eu faça uma visita. Abraço.

  9. Pingback: G. Corso na Coyote « cavaloDADA

  10. Pingback: Lançamento Revista de Autofagia 2 e 3 | Makely Ka

  11. Pingback: Allen Ginsberg | sabor graxa

  12. Pingback: Com Nicolas Behr | sabor graxa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s